Treinamento eficiente para
uma performance excelente.

Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis
para ter grandes resultados com o seu treinamento.
(é Grátis)

 


Seu e-mail está seguro. Você receberá apenas e-mails relevantes ao tema.

Descubra o que o storytelling no e-learning pode fazer pelo seu conteúdo sob medida.

 

O que construiu a sua visão de mundo? O que fez você acreditar no que acredita? Livros e filmes? Estudos? O que a sua família passou como princípios para você? Não importa a resposta que você escolher, tudo o que você aprendeu – e apreendeu – tem como base uma narrativa, um storytelling.

A narrativa é o princípio de qualquer discurso, crença e, por isso, de qualquer aprendizado. Quando pais querem ensinar algo a seus filhos, contam a história do lobo mau. Quando professores de física querem passar a informação de uma fórmula mais difícil para seus alunos, ilustram com um personagem que foi à lua e voltou.

Um dos maiores desafios de quem opta pelo e-learning é a adesão e retenção do conhecimento dos colaboradores. O conteúdo pode ser relevante, mas e a forma de transmiti-lo? Será que está à altura para promover engajamento?

Existem técnicas para ensinar qualquer tema por meio de uma história, para que a audiência engaje e retenha o conhecimento, gerando resultados otimizados para a empresa.

 

O que é o Storytelling?

Teresa tem 35 anos e coordena a equipe de marketing de uma empresa de peças automobilísticas. Desde criança apaixonada por carros, enfrentou uma boa dose de obstáculos para chegar a esse cargo.
Naquele dia, no entanto, enfrentava o maior deles, algo que não esperava que fosse acontecer tão cedo, dentro de seu próprio escritório. Não esperava ficar mais exposta do que quando resolveu ir sozinha cursar MBA em Londres, com o dinheiro que juntara desde a adolescência.
Poderia ouvir a voz da razão, levantar-se e fechar a porta para nunca mais voltar ou poderia enfrentar uma sala que estava cheia de…
(…)

Pode confessar: você quer saber por que a Teresa está tão apreensiva, não é mesmo? Mesmo sem conhecê-la, algumas características da sua história podem ter chamado sua atenção. [Fica comigo que te conto o que aconteceu]

A técnica utilizada para transmitir um conteúdo por meio de uma história – que pode ser fictícia ou não – chama-se storytelling. E ela pode ser utilizada de diversas formas, com objetivo de envolver, emocionar, engajar quem está escutando. Tudo isso promove aprendizado.

Dentro de um treinamento corporativo, usar storytelling pode funcionar muito bem. Já deu pra perceber, né? Isso por que uma boa história pode ajudar a personalizar a informação que você está tentando transmitir, construir comunicação, estabelecer confiança, superar objeções e demonstrar resultados.

Se a audiência se reconhece de alguma forma com a narrativa e/ou com o personagem, então, os resultados podem ser bem eficazes. O storytelling torna-se um excelente complemento ao treinamento online, por tornar mais fácil expressar sutilezas e complexidades de comportamento de uma forma agradável, fazendo o colaborador embarcar na jornada do herói e empatizar com a história.

 

Como usar storytelling no e-learning?

A técnica pode ser utilizada na aplicação conteúdo de e-learning de qualquer natureza e é particularmente útil em treinamentos que envolvem comportamento e relacionamento, como atendimento, vendas, negociação e liderança.

O storytelling pode estar presente na transmissão do seu conteúdo como:

  1. Uma ilustração para o que você quer dizer:
    Pode ser usado como uma história contada para que a audiência se identifique.
  2. Um enquadramento da audiência:
    Você pode usar a técnica para colocar o colaborador como o próprio personagem, construindo um cenário no qual ele interage e toma as decisões.
  3. Uma história por si mesma:
    Nada melhor para aprender um conteúdo do que ser apresentado ao próprio conteúdo! Então, por meio de técnicas audiovisuais, por exemplo, você consegue falar do assunto sem comparações, apenas construindo uma apresentação.

Escolhendo qualquer formato, a técnica a ser aplicada na hora de contar uma história (o que chamamos a jornada do herói) é basicamente:

Primeiro: Exposição do personagem e cenário
Segundo: O lançamento do personagem rumo à aventura e aos conflitos que isso traz
Terceiro: O climax da história em que há um momento de decisão
Quarto: A vitória ou perda da personagem em relação ao problema apresentado
Quinto: A resolução e moral da história apresentada

Tenha atenção, também, para alguns critérios que fazem o storytelling funcionar:

  • O objetivo deve ser claro
  • Faça com que suas intenções estejam bem claras
  • Não se coloque no centro das atenções e, sim, o personagem (que é o ponto de identificação da audiência)
  • Faça uso da emoção
  • Não faça da história algo muito complicado: simplifique
  • Deixe claro o porquê de aquela história estar sendo contada.

 

E o que o storytelling pode fazer pelo conteúdo sob medida?

Então você já sabe que um dos gaps possíveis no e-learning é o baixo engajamento dos colaboradores – ou mesmo a baixa retenção – e que isso, como todo desafio, obriga à busca de uma solução inteligente.

Você sabe também que uma boa história, bem contada faz as pessoas lembrarem da sua moral: quando você pensa na Chapeuzinho Vermelho, o que vem à sua mente? Dentre as milhares de interpretações possíveis, aquele velho conselho de “não fale com estranhos” provavelmente deu pulos no seu inconsciente.

Quando se fala na criação de conteúdo personalizado e nos seus principais desafios, o uso de storytelling parece cair como uma luva. Pense bem: você vai recolher informações, histórias vindas da sua própria equipe e apresentá-las em formato exclusivo, com um enredo bem amarrado e alinhado para…a mesma equipe! As possibilidades de reconhecimento são bem grandes.

Mas na hora de pensar esse conteúdo, é muito importante você:

  • Ter a certeza de que os casos que você vai relatar no conteúdo são verossímeis, ou seja, não precisa ser fielmente real, mas precisa parecer real.
  • Entender que o treinamento todo não precisa ser uma história. Pode ser uma história que é analisada em diversos trechos, ou histórias baseadas em casos diferentes.

 

Já sente segurança para produzir conteúdo com storytelling?

Contar uma história é um desafio. Mas a gente sabe que quando o tema é importante, o desafio pode tornar-se um grande aliado da criatividade. Não que o storytelling vá sanar todos os obstáculos que você pode encontrar no e-learning, mas, no mínimo você vai trazer mais emoção e envolvimento para seu grupo.

Que tal trazer colaboradores que têm um talento nato para contar fatos para o seu lado quando for montar o seu conteúdo sob medida? É uma ideia que pode funcionar se você souber utilizá-la bem.

Quer dar um passo atrás e ainda pensar sobre como produzir conteúdos? Nós podemos dar uma mãozinha nesse processo. Quer conversar também sobre conteúdo sob medida e os benefícios que ele pode trazer para seu treinamento? Fale conosco:

 

Sim, quero saber mais sobre essa história

 

Ah, quanto à Teresa? Depois de pensar por uma semana se deveria aceitar ou não aquele cargo que o CEO da sua empresa estava oferecendo fora do país, decidiu naquela mesma sala, que o próximo passo a ser dado era investir em sua equipe, buscando um treinamento ainda melhor do que aquele que ela estava aplicando naquele dia.