Avaliação de EAD | 7 Fatores que afetam a avaliação do seu treinamento

Treinamento eficiente para
uma performance excelente.

Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis
para ter grandes resultados com o seu treinamento.
(é Grátis)

 


Seu e-mail está seguro. Você receberá apenas e-mails relevantes ao tema.

A verdade é que, quando chega a hora de montar e aplicar a avaliação de EAD da sua empresa, muitas vezes ela é adiada. O motivo? Segundo Jo Coulson, especialista em aprendizagem através do e-learning, isso acontece por conta do medo de os resultados da avaliação serem ruins e isso prejudicar o instrutor do programa.

avaliacao-de-ead

A questão é que, com resultados ruins ou não, é importante ter os dados da avaliação de treinamento para medir em que ponto sua organização se encontra e como é possível melhorar, tornando o seu programa mais eficaz.

Contudo, quando chegamos nesta questão, a pergunta é outra: como montar uma avaliação de EAD eficaz? E é exatamente isso que abordaremos no post de hoje!

Porém, antes de nos aprofundarmos no tema, saiba que este é um artigo que faz parte da sequência sobre Tudo que você precisa saber para criar um treinamento bem sucedido. Confira no mapa abaixo onde você se encontra nesta jornada.

avaliazao-de-ead

Qual o objetivo de uma avaliação de EAD da organização?

Antes de montar uma avaliação de EAD, é preciso compreender qual o objetivo principal e os métodos da estratégia de avaliação. O foco continua o mesmo: avaliar os diferentes níveis de retenção, fornecer evidências do impacto do treinamento e dados relevantes para a melhoria contínua do treinamento. Sendo assim, segundo o site Elearning Industry, é necessário:

  • Manter o projeto focado nas metas e prioridades;
  • Determinar se existem barreiras para o sucesso que precisam ser abordadas;
  • Definir se há uma necessidade de intervenções ou atividades adicionais, como gerenciamento de mudanças, apoio à gestão, incentivos ou recursos;
  • Estabelecer o que existe de dados ou medições pertinentes ou a necessidade de serem criados.

Mas, e os métodos da estratégia de avaliação?

Tipos de questões de uma avaliação de EAD

Múltipla escolha e verdadeiro e falso são formatos muito práticos para criar as questões, porém não servem para tudo.

Uma boa alternativa é utilizar imagens sempre quando possível e procurar utilizar outros tipos de questões, como associação e ordenação, para poder avaliar outros tipos de conhecimento.

Outro ponto importante é sobre as questões dissertativas. A verdade é que este é um formato maravilhoso. Contudo, por ser necessário corrigir uma por uma, os gestores de treinamento, muitas vezes, acabam desistindo dele. Mas é uma ótima forma de avaliar os resultados!

Mantenha o foco do que quer avaliar

Para montar uma avaliação de EAD eficaz, é necessário ter foco sobre o que será avaliado. Então, ao escrever as questões, lembre-se sempre do que você quer avaliar. É muito comum confundir enunciados complexos com boa avaliação. Se você não está avaliando a atenção ou memória do seu colaborador, evite questões do estilo “pegadinha”, como aquelas com frases muito parecidas para marcar a questão certa, por exemplo.

Linguagem

Outro ponto fundamental refere-se à linguagem. Preste atenção nas palavras. Se o objetivo não é verificar o vocabulário, questione termos que possam ser de compreensão difícil, siglas e abreviações que possam comprometer o entendimento.

Questões aleatórias para dificultar a cola

A cola não é um problema apenas de escolas, até mesmo em programas de treinamentos corporativos existem os “espertinhos” que tentam atingir bons resultados copiando as respostas dos colegas. Por esse motivo, é importante ter alguns cuidados para evitar esse tipo de manobra.

Um dos jeitos mais simples de fazer isso é não disponibilizar a mesma prova para todos. As plataformas LMS mais avançadas permitem que sejam cadastradas mais questões do que o total da prova, o banco de questões. Por exemplo, ter 50 questões para uma prova de 10. A vantagem disso é que cada vez que um usuário abre a prova, o sistema sorteia um novo grupo de 10 questões. Dessa forma, nenhum usuário faz avaliação igual a do colega – e nem igual a dele própria, no caso de ser permitida uma segunda chance de realizar a avaliação.

Como apresentar as questões?

A forma de apresentar as questões também irá influenciar a eficácia de uma avaliação de EAD. Afinal, quantas questões colocar em cada página da prova? A verdade é que há mais de uma resposta para isso, pois podemos enxergar esses cenários do ponto de vista técnico e do ponto de vista pedagógico.

Tecnicamente falando, tudo depende da quantidade de questões que sua prova terá. Então, se você colocar todas as questões na mesma página, o seu sistema só precisará da internet duas vezes durante o processo. Na hora de abrir a prova e na hora de enviar.

Já do ponto de vista pedagógico, o melhor é dividir as questões por página, evitando distrações e auxiliando na concentração. Contudo, o importante é que o seu sistema possua um controle para que o usuário consiga visualizar quais questões já foram respondidas, qual ele está respondendo e quantas ainda faltam.

Quando fazer uma avaliação de EAD final ou pequenos testes por blocos de conteúdo?

Tudo depende. Se o conteúdo a ser assimilado for muito extenso, então o melhor é particioná-lo, não só para expor o conteúdo, mas também para a avaliação de EAD. Outra questão é: qual a disponibilidade de tempo que os seus alunos terão para estudar? Se o tempo é limitado, o melhor é que seja feita uma única avaliação para que eles parem apenas uma vez.

Formas de fazer desempate: tempo de realização da prova

Caso o objetivo seja fazer um ranking com os colaboradores por resultados – muito usado para premiações de incentivo, é importante fazer uma prova extensa para diminuir a chance de empates. E caso aconteça o segundo critério, para o desempate pode ser o tempo de realização da prova. Isso vai reduzir ainda mais a chance de empate.

Com muitos aspectos envolvendo pessoas, existem várias formas de se alcançar um objetivo. Existem diversas formas de montar avaliações de EAD eficazes. Certamente uma das melhores dicas é utilizar feedbacks de avaliações anteriores que você realizou, assim você sabe o que funciona e o que não funciona.

O fato é que as avaliações não devem ser temidas, pois são uma forma de medir efetivamente a eficácia do treinamento online. Esses resultados irão lhe ajudar a melhorar sua estratégia de treinamento e compreender quais são as necessidades da organização e as expectativas dos colaboradores, bem como as melhorias necessárias na organização.

Se quiser compreender um pouco mais sobre como avaliar seus colaboradores, veja o nosso post sobre “Como realizar a avaliação de resultados de treinamento”.