Treinamento eficiente para
uma performance excelente.

Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis
para ter grandes resultados com o seu treinamento.
(é Grátis)

 

    Seu e-mail está seguro. Você receberá apenas e-mails relevantes ao tema.

    avaliação de treinamento

    Você conhece a avaliação de reação e sabe como ela é importante para um treinamento de sucesso? Já vimos aqui sobre como realizar a avaliação de resultados do treinamento e sua importância para o feedback do treinamento corporativo. Porém, antes de nos aprofundarmos no tema, saiba que este é um artigo que faz parte da sequência sobre tudo que você precisa saber para criar um treinamento bem-sucedido. Confira no mapa abaixo onde você se encontra nesta jornada:

    jornada do treinamento

    A avaliação de Reação, é parte do modelo de avaliação de Kirkpatrick, que é dividido em quatro partes: reação, avaliação de aprendizado, comportamento e resultados. Mostrada na imagem seguir:

    modelo de kirkpatrick

    Nesse post, falaremos sobre o primeiro critério da avaliação de resultados: a Avaliação de Reação. Você vai entender o que é e qual sua importância além de algumas dicas de como montar um questionário de avaliação de reação.

    O que é a Avaliação de Reação?

    Avaliação de reação é uma forma de medir o nível de receptividade dos colaboradores de uma empresa a algum treinamento aplicado a eles. Essa avaliação costuma ser feita aplicando formulários, digitais ou manuais, nos quais os profissionais dão o feedback. Quando falamos de projetos
    e-learning, a satisfação e reação dos colaboradores com relação ao projeto de e-learning é parte fundamental de sua avaliação

    Em resumo, a avaliação de reação mede se os colaboradores consideram o treinamento envolvente, favorável e relevante para suas ocupações. Esse nível da avaliação de resultados de Kirkpatrick é mais comumente avaliado por uma pesquisa pós-treinamento, onde pede-se aos colaboradores que avaliem sua experiência.

    Mas qual a importância da Avaliação de Reação?

    A avaliação de reação é um elemento crucial para entender se o treinamento está sendo proveitoso e gerando aprendizagem e satisfação dos colaboradores com o conteúdo. Ela serve para medir, de forma quantitativa e qualitativa, a percepção do colaborador que participou da ação de treinamento.

    Entender como o treinamento impactou seus colaboradores, permite ao gestor detectar oportunidades de melhoria no processo de treinamento, no conteúdo e necessidades de novos treinamentos, ou seja, é uma ferramenta essencial para determinar os próximos passos do projeto de treinamento online de sua organização. Por esse motivo, a avaliação de reação é particularmente importante para organizações que estão iniciando
    na metodologia online.

    A avaliação de reação pode trazer informações que podem ser usadas para:

    • Identificar quaisquer necessidades de aprendizagem não atendidas;
    • Fornecem dicas de como o treinamento pode ser melhorado;
    • Diagnosticar barreiras de aprendizado;

    Respostas para perguntas como: qual foi a coisa mais útil que seus colaboradores aprenderam com o treinamento? Ou qual módulo foi o mais chato, ou o mais interessante e/ou difícil? O treinamento conseguiu ilustrar as situações enfrentadas no dia a dia da organização? Podem ajudá-lo a tomar decisões importantes quanto aos próximos treinamentos, concorda?

    O mais importante é poder tomar decisões não apenas na sua experiência pessoal, mas ter dados reais extraídos do seu público alvo. Isso permite tomadas de decisões mais assertivas, e consequentemente traz melhores resultados.

    Se você não tem certeza de como preparar a sua avaliação de reação, você está no lugar certo! Separamos algumas dicas e exemplos para te ajudar na hora de montar o seu questionário de avaliação, além de um modelo do questionário de Avaliação de Reação exclusivo para você baixar!

    Mas afinal, vale a pena?

    Vale a pena realizar a avaliação de reação?

    Deve-se ressaltar que, embora as avaliações neste nível sejam realizadas de forma ampla, alguns especialistas em avaliação de treinamento questionam a necessidade em avaliar a reação dos participantes, pois, eles acreditam que a obtenção de feedback sobre, por exemplo, se os colaboradores “gostaram do treinamento”, não resultará em dados úteis sobre a eficácia dele.
    Ora claro que não. Essa avaliação nem se propõe a isso. Para uma avaliação mais completa do treinamento, esses dados devem ser avaliados com os dados de avaliações de outros níveis de Kirkpatrick. Se uma avaliação de nível 2 (aprendizagem) mostra um dado incompatível a avaliação de nível 1 (reação), com esses dados você pode constatar, por exemplo, que os materiais de treinamento precisam ser melhorados.

    Construindo uma avaliação de reação para seu próximo treinamento

    Criando sua avaliação de reação

    Nesse momento você deve estar se perguntando quais são as questões que você deve inserir no seu questionário de avaliação, não é mesmo?
    Na verdade, os tipos de perguntas inseridas nesse questionário de avaliação, podem e variam de acordo com o contexto do treinamento como: os objetivos do treinamento, a realidade da sua organização e o perfil dos colaboradores.

    Dito isso, abaixo temos 10 perguntas que você pode tomar como referência:

    1. Você sentiu que o treinamento valeu a pena?
    2. Você já havia realizado algum curso e-learning?
    3. De forma geral, como avalia estudar através do computador?
    4. Quais foram os maiores pontos fortes e fracos do treinamento?
    5. Você gostou do local e do estilo de apresentação?
    6. A sessão de treinamento acomodou seus estilos de aprendizagem pessoais?
    7. As atividades de treinamento foram envolventes?
    8. Quais foram os maiores pontos fortes e fracos do treinamento?
    9 .Como você avalia a extensão do treinamento?
    10. Sugestões e críticas

    Dica: As perguntas específicas que você escolher para o seu questionário, dependerão dos objetivos gerais da avaliação (como mencionado acima, é vital que os objetivos da avaliação estejam alinhados tanto com os objetivos de treinamento, quanto com as expectativas das principais partes da organização em relação ao treinamento).

    Implantando sua avaliação de reação

    Os respondentes da avaliação devem ser, se possível, todos os participantes do programa de treinamento. As avaliações geralmente devem ser realizadas dentro de até duas semanas após a conclusão do programa de treinamento, para garantir que a lembrança dos entrevistados do treinamento seja relativamente recente.
    As opções de implantação de formulários de coleta de respostas, são:

    • Plataforma LMS;
    • Documento online como PDF, Word, dentre outros;
    • Formulário;
    • Ferramenta online;

    As avaliações também podem ser entregues impressas para que sejam respondidas manualmente. Diferentemente do que acontece com quem possui uma Plataforma LMS, vale ressaltar que na extração manual, alguém terá o trabalho de tabular os dados um por um, e armazenar mais uma planilha XLS com os resultados, o que torna o todo o processo muito cansativo e demorado.

    Confidencialidade

    É improvável que os colaboradores forneçam um feedback completo e honesto se sentirem o risco de que as informações que fornecem sejam usadas contra eles de alguma forma.
    Por este motivo, é recomendado que a avaliação de reação não seja implementada usando dados pessoais do colaborador (e-mail, nome, etc..),evitando, assim, que os colaboradores sejam solicitados a inserir informações que possam identificá-los.

    Dica: se optar por uma participação anônima, garanta que todos os colaboradores participantes estejam cientes das medidas que você tenha tomado para garantir a confidencialidade. Isso pode ser descrito na introdução da avaliação de reação.

    Porém, existirão casos em que você pode precisar procurar o colaborador para aprofundar sua resposta. Nesse caso, uma participação anônima se torna inadequada.
    O cenário ideal, é claro, é quando temos uma cultura organizacional, uma construção que vem muito antes da atividade de treinamento propriamente, onde o colaborador tem confiança para expressar suas opiniões. Nesse contexto ideal, esse tópico “privacidade” se torna irrelevante.

    Análise de dados

    Depois de coletar os dados dos entrevistados, filtrá-los, analisá-los e traduzi-los, você pode discutir os resultados com as partes que forem de interesse do projeto de treinamento. Esta pode ser uma forma eficaz de envolver e identificar potenciais barreiras para garantir a transferência da aprendizagem para o ambiente de trabalho.

    Dica 1: Não siga à risca possíveis recomendações. É preciso ponderar com tranquilidade o contexto e motivos de cada resposta. Procure também, combinar com outros dados que você tem sobre o treinamento para interpretar
    o que receber.

    Dica 2: Tal como acontece com todos os outros níveis de avaliação, é vital que as ações referentes aos resultados da avaliação de reação sejam postos em prática. Não fazer isso irá, no mínimo, prejudicar a credibilidade da avaliação e desmotivar o time a se engajar nas próximas avaliações de reação.

    Aqui, você encontra mais dicas para montar uma avaliação de resultados eficaz.

    Baixe Nosso Modelo de Avaliação

     

    baixar material

     

    Uma forma de potencializar a avaliação é unir a metodologia à capacidade de estar aberto a receber feedbacks de seus colaboradores, e tirar o máximo proveito dos recursos e relatórios emitidos a partir da sua Plataforma LMS.

    Tome nota: A avaliação faz mais sentido quando feita em comparação com o que foi planejado. Não perca de vista os objetivos. Você lembra quais eram os objetivos principais no planejamento do seu e-learning? Realize a comparação deles com os resultados obtidos. Este é um importante indicador para saber o que está funcionando e o que precisa ser modificado no seu EAD.

    Bom treinamento e até a próxima!