Treinamento eficiente para
uma performance excelente.

Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis
para ter grandes resultados com o seu treinamento.
(é Grátis)

 

    Seu e-mail está seguro. Você receberá apenas e-mails relevantes ao tema.

    Se você está em busca de uma plataforma LMS (Learning Management System), então muito provavelmente está se deparando com dezenas de opções, todas elas, aparentemente, bastante similares. Mas saiba que algumas características não podem deixar de faltar em uma boa plataforma para que ela seja eficaz. Sem elas, seu LMS não estará completamente equipado para atender às necessidades da sua empresa.

    Hoje te mostraremos algumas dessas características, para que você possa se certificar de que está escolhendo uma plataforma que o ajudará a garantir o sucesso de seu programa de treinamento e desenvolvimento.

    Características de um LMS que realmente fazem a diferença

     

    As 4 características que devem estar presentes em seu LMS

    1. Oferecer ferramentas para medir os resultados dos cursos

    Só oferecer o treinamento online para os colaboradores não basta. Também é preciso medir o sucesso dele, bem como do progresso de cada colaborador. Caso contrário, não será possível saber se a força de trabalho foi treinada de forma eficaz, nem concluir se as competências e habilidades dos colaboradores foram devidamente alinhadas às necessidades e objetivos do negócio.

    Essa avaliação não deve ser apenas a prova final, até porque alguns cursos não incluem avaliação. Outras formas de avaliar os resultados são: o percentual de adesão, a participação em todas atividades, avaliações de reação, dentre outras. Além disso é importante poder medir outros conteúdos além do SCORM.

    Essa avaliação precisa ser prática. Não adianta ter uma plataforma se ela vai te dar mais trabalho. Para evitar isso, a plataforma precisa produzir relatórios práticos e que incluam dados de cadastro dos colaboradores. Por exemplo, uma lista com dezenas de nomes e notas, são dados soltos, nem um pouco úteis para tirar conclusões. Mas se ao lado do nome constar o departamento do colaborador e o seu gestor direto, você já tem uma informação. Fica mais fácil tirar conclusões não é mesmo?

     

    2. Disponibilizar outros formatos de conteúdo como parte do estudo

    Grande parte das plataformas disponíveis no mercado permitem a inserção de vários formatos de conteúdos como SCORM (isso é básico, se a sua não tiver esse recurso, risque da lista) vídeos, áudio, imagens e até apresentações nos cursos. Mas poucas delas disponibilizam outros formatos de conteúdo como parte do estudo, tais como PDF, PPTX e DOC, sem que o usuário tenha que baixar algum plug-in ou tenha o microsoft office instalado para poder acessá-los.

    Além disso, alguns sistemas só permitem um formato de conteúdo para cada curso. Por exemplo, no treinamento em vídeo, todos os conteúdos precisam ser video-aulas. É importante que você possa combinar esses diversos formatos de conteúdo em um mesmo curso. Seus colaboradores agradecem.

    3. Possuir um design responsivo para a aprendizagem móvel

    A presença dos dispositivos móveis, especialmente tablets e smartphones, não para de crescer em nossas vidas. Para ter uma noção, tem aumentado o percentual de pessoas que tentam fazer primeiro as atividades pelo dispositivo móvel, mesmo quando possuem um PC disponível. E nós do treinamento vamos aproveitar essa oportunidade. Uma plataforma LMS responsiva consegue adaptar sua formatação de acordo com o tamanho da tela do usuário. Mas adaptar não quer dizer redimensionar apenas, diminuindo tudo para caber na tela do celular, de forma quase ilegível. Adaptar significa reorganizar para ficar confortável de usar pelo celular.

    Estas características podem fazer com que o colaborador aproveite melhor o seu tempo e energia – a partir da leitura fácil e da navegação rápida – e alcance os benefícios reais do ensino a distância.

    Lembre-se que ter uma plataforma responsiva não é o mesmo que ter os conteúdos (cursos) responsivos. Falaremos mais sobre isso em outro post.

     

    4. Permitir a gestão de pessoas por meio de Trilhas de Aprendizado

    A tarefa de gerir cada aluno de forma individual é bastante complexa e cansativa. Isto é fato!

    Por isso, para empresas com número de colaboradores na casa das centenas, é muito importante poder gerir por grupos, como por exemplo, cargo. Isso pode ser feito através das Trilha de Aprendizado, que dá ao gestor a possibilidade de criar e acompanhar o desenvolvimento de trilhas de forma mais simples e eficiente. Para o treinando, esse sistema permite que ele veja os cursos que estão planejados para o seu cargo e acompanhe a sua própria evolução no dia a dia.

    Que outra característica você acha que não pode faltar em uma plataforma LMS? Deixe sua opinião nos comentários! E caso tenha ficado com alguma dúvida, não se esqueça de escrevê-la para que possamos ajudá-lo!