Treinamento eficiente para
uma performance excelente.

Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis
para ter grandes resultados com o seu treinamento.
(é Grátis)

 


Seu e-mail está seguro. Você receberá apenas e-mails relevantes ao tema.

O desafio de avaliar o treinamento online

De forma geral, se espera que todos os projetos de uma empresa gerem resultados positivos em resposta ao investimento de recursos envolvidos em sua realização. Com as ações de treinamento não é diferente. Se no desenho do projeto não for possível vislumbrar seus benefícios, o mesmo estará sempre correndo o risco de ser cancelado e dependerá de apoiadores que sejam mais visionários do que analíticos.

“Não se gerencia o que não se mede.”
William E. Deming

Uma das metodologias mais conhecidas e utilizadas para medir os resultados dos projetos de treinamento é a criada por Kirckpatrick, mostrada a seguir, de forma resumida.

1) Reação
Avalia a satisfação dos participantes com o programa. Permite detectar oportunidades de melhoria no processo de treinamento, no conteúdo e necessidades de novos treinamentos. É comum em treinamentos presenciais e em palestras, mas por qualquer razão não tem o mesmo reconhecimento no e-learning.

2) Avaliação de aprendizado
Mede o aprendizado dos participantes do treinamento online. Procura identificar se houve melhora ou incremento no seu conhecimento. Clique aqui e saiba como montar uma avaliação de treinamento eficaz.

3) Comportamento
É a avaliação que procura identificar mudanças no comportamento dos participantes em resposta aos novos conhecimentos adquiridos no treinamento e se os mesmos estão sendo colocados em prática. Em outras palavras, verifica se o aprendizado está influenciando o desempenho dos colaboradores.
É importante ressaltar que quando não se percebe as mudanças esperadas, ainda é preciso garantir que não haja reflexo de fatores externos que possam estar dificultando a melhora de performance, como falta de recursos ou processos inadequados.

4) Resultados
Procura identificar os resultados atingidos pela empresa em função do treinamento online. Os resultados aqui não são do colaborador, e sim de suas atividades, e ajudam a quantificar o retorno do investimento – ROI. Alguns exemplos de indicadores estão relacionados a qualidade, custos e vendas. Esse é o nível mais alto e complexo de avaliação e muitas vezes sua mensuração está fora do escopo do gerente de treinamento, ficando a cargo das diretorias das Unidades de Negócio.

Vale lembrar que algumas funções da empresa tem atuações complexas e, por isso não têm indicadores claramente estabelecidos. A realização dos dois primeiros níveis de avaliação podem ser realizados pelo Gerente de Treinamento, sem interferência de outras áreas, o que faz com que as mesmas possam ser tomadas como regra.

Já o terceiro e o quarto níveis são um pouco mais complicadas. O nível três requer uma parceria com o cliente interno para que a avaliação seja realizada, enquanto o nível quatro depende do cruzamento de dados com os KPIs globais.

Faremos um post especial sobre esses dois níveis de avaliações em breve. Não perca!

E na sua empresa? Quais níveis de avaliação estão sendo aplicados?